Paris: brechós luxuosos atraem fashionistas do mundo todo

IMG_0736

Os franceses sempre foram na contramão do consumismo desenfreado e estimulado por muitas culturas. Gostam mesmo é de qualidade – em todos os sentidos. Por isso não são adeptos dos grandes closets, das coleções imensas de sapatos, bolsas e acessórios em geral. Preferem pagar caro numa peça que dure anos e anos, quiçá gerações.

Um estilo de vida louvável, que repercute no comércio local. Amantes de grandes ateliês de moda, que não podem bancar os valores astronômicos praticados pelas marcas, também têm oportunidade de desfilar por aí o seu modelito Chanel, Hermès, Balenciaga, YSL, Givenchy, Balmain, Lanvin, Prada e outros tantos que amamos.

IMG_0738

Didier Ludot, um apaixonado pela alta-costura, garimpa e comanda há quase 40 anos um dos brechós mais luxuosos de Paris que leva o seu nome.

195A0A52-4E47-45BA-A1EF-98585DEDC5E5

O endereço – na charmosa Galerie Monpensier do Palais Royal – é parada obrigatória pra muitas celebridades, estilistas, fashionistas e blogueiras de todos os cantos do mundo. Sharon Stone, Nicole Kidman, Naomi Campbell, Linda Evangelista, Kate Moss, Julia Roberts e Reese Witherspoon são apenas algumas de suas clientes. Inclusive, o vestido que Reese vestiu na noite em que ganhou o Oscar é um Christian Dior vintage de 1955 comprado com o colecionador.

IMG_0473

No acervo figuram peças da década de 20 até coleções apresentadas em semanas de moda recentes. Todas em excelente condição! Didier escolhe tudo a dedo, pelo estado de uso, qualidade do tecido, história (não é a toa que sabe tudo sobre cada peça vintage: época, procedência, e, até, se tiveram dona célebre!),

IMG_0737

Outra boutique que merece uma minuciosa visita é a Les 3 Marches de Cathérine B, no bairro Saint-Germain-des-Prés. O local abriga apenas peças icônicas da Chanel e da Hermès.

IMG_0734

Cathérine é expert das duas maisons e coleciona peças raras, de séries limitadas há mais de 20 anos. Já chegou a organizar exposições de verdadeiros tesouros das marcas. Tudo muito bem selecionado. Chega a impressionar! Compraria a maioria dos itens, sem pestanejar!

IMG_0735

Nas duas lojas os preços estão mais para salgados. Apesar serem usados, ainda são considerados de qualidade e tem o fator exclusividade – são peças únicas. Muitas mulheres que não precisam também adquirem o vintage por o considerarem uma espécie de joia rara.

 

Endereços:

Didier Ludot- 24 Galerie Montpensier – Palais Royal

Les 3 Marches de Cathérine B. – 1 Rue Guisarde, Saint-Germain-des-Prés.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cialbuquerque

por Cinthia Albuquerque

Categorias

Goto Top

Antes de ir faça parte da nossa newsletter

E fique por dentro das novidades separadas especialmente para você!